Performance Traçado

Dia 16 de março apresentamos a performance “traçado” na Fundação Cultural de Itajaí, durante a abertura da exposição Espectador em Trânsito, produzida pelo SESC. A performance criada pelo Coletivo Terceira Margem utiliza o conceito de criar um obra artística em tempo real, utilizando espaço e platéia  como peças de sua construção.

Nesta performance utilizamos o mini-projetor digital da 3M que projetava a poesia “Traçado” (de Sandra Coelho) em luz branca no ambiente da abertura da exposição, utilizando a arquitetura interna como anteparo, assim como os espectadores da exposição. A poesia projetada foi filmada ao vivo com uma câmera digital de mão, e ao final da poesia este vídeo foi alocado em um projetor para que todos os presentes pudessem ver o vídeo criado.

A criação do vídeo em tempo real resulta na experiência do espectador sentir-se parte da obra de arte, tanto enquanto testemunha do acontecimento no espaço quanto como elemento utilizado na criação. Esse tipo de interação cria uma relação especial entre “os presentes” e o vídeo criado, fazendo com que mesmo sendo uma peça de vídeo o resultado final mantém-se na estética da obra efêmera, já que a obra só atinge o máximo do seu potencial naquele momento, com aquelas pessoas que compartilharam da experiência.

Abaixo o vídeo da performance:

A manipulação da projeção foi de Sandra Coelho, filmagem da poesia Leandro De Maman, Documentação da performance Patricia Vianna e fotos de Sebastião Do Aragão.